Boa Tarde! Hoje é 25 de Maio de 2022


34ª edição Um show de ousadia e empreendedorismo

34ª edição Um show de ousadia e empreendedorismo

Mesmo com restrições e cuidados, evento bate recorde no volume de comercialização – R$ 3,2 bilhões

    O Show Rural Coopavel segue fazendo história. Ele não é somente um evento de inovação e tecnologia, é a comprovação da coragem, ousadia e espírito empreendedor daqueles que, todos os anos, têm por missão e desafio fazer dele algo ainda mais surpreendente. A 34ª edição permanecerá viva por um motivo adicional a uma lista infindável de virtudes: ela abriu o calendário mundial dos grandes eventos presenciais depois de dois anos de cancelamento em razão das restrições provocadas pela pandemia do Covid-19.
    E o que se viu nos cinco dias da mostra de tecnologia, de 7 a 11 de fevereiro, em Cascavel, no Oeste do Paraná, passa a balizar as mais diferentes promoções presenciais pelo planeta. “É claro que estávamos preocupados, porque não sabíamos ao certo como as empresas e os visitantes reagiriam. Se participariam e se prestigiariam o Show Rural”, diz o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli. Mas com o cuidadoso planejamento apresentado e com o respeito às orientações sanitárias, o evento superou as expectativas.
    O número de expositores foi de 585, o público visitante de 285.212 pessoas e a comercialização alcançou R$ 3,2 bilhões. São indicadores que fazem da 34ª edição a melhor em vendas e a segunda maior em visitantes da história, atrás apenas da 32ª, de fevereiro de 2020 – a 33ª foi on-line. “Estamos muito felizes, porque os resultados superaram as nossas previsões mais otimistas. Esse é o resultado quando se coloca amor, união, criatividade e respeito ao próximo acima de tudo”, destaca o coordenador-geral Rogério Rizzardi.

Hub do agro
    Um dos momentos mais marcantes do Show Rural foi a inauguração de um hub exclusivo para pensar soluções às demandas e urgências do agronegócio. O Espaço Impulso reúne empresas inovadoras, instituições de ensino e órgãos públicos todos com o olhar dirigido para a mesma finalidade: desenvolver e compartilhar tecnologias capazes de conduzir a agropecuária a novos estágios em seu permanente processo de evolução.
   “Esse é um ambiente que passa a arquitetar a agricultura do futuro. Precisamos estar preparados para alimentar 9,5 bilhões de pessoas em 2050 e, para isso, buscaremos toda a ajuda possível para aumentar a produtividade agrícola em mais de 60%”, segundo Dilvo Grolli. O Espaço Impulso, com área de 450 metros quadrados, foi construído onde era o auditório da administração do parque. Ali, os parceiros desenvolverão respostas a problemas reais do campo, tecnologias que serão testadas no maior laboratório a céu aberto do Brasil.

Aviário-escola
     A avicultura também sai fortalecida. A inauguração de um centro tecnológico mostrou aos visitantes o melhor de uma indústria que expandiu seus horizontes de maneira fascinante principalmente nas últimas duas décadas. O aviário foi construído e equipado com o melhor das atuais tecnologias projetadas para potencializar resultados em qualidade e produtividade. O espaço se transforma em uma escola, com uso ao longo de todo o ano para aperfeiçoamentos contínuos de avicultores, cuidadores e de técnicos envolvidos na atividade.

Renováveis
    Ao mesmo tempo em que apresentou cultivares de milho e soja com elevadas taxas de produtividade, até três vezes maiores que a média brasileira, o Show Rural foi palco de inúmeros lançamentos em insumos, técnicas de manejo e cultivos, máquinas e equipamentos agrícolas e em energias renováveis. Empresas e instituições públicas apresentaram produtos já testados e que chegam ao mercado e também protótipos em fase de aprimoramento visando os mais diferentes públicos.
    Uma das invenções que despertam mais interesse foi o gerador eólico com tecnologia paranaense apresentado pelo IDR, o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná. Com 23 metros de altura, ele pode ser empregado na geração urbana e rural de energia limpa – pela força do vento, 24 horas por dia. O gerador usa tecnologia de duto aerodinâmico em vez de pás e pode operar tanto ligado à rede de energia da distribuidora quanto alimentar conjuntos de baterias que permitem autonomia energética total a um empreendimento.
    O Show Rural abriu as portas também para o primeiro trator movido a biometano, sinalizando para a tendência de conexão dessa indústria com as novas matrizes energéticas. Experiências 5G e Metaverso foram algumas das sensações do Show Rural Digital, que colocou lado a lado protagonistas da revolução digital que mudam e geram novos padrões de produção, consumo e comportamento. “O portfólio foi imenso, fazendo valer a pena a visita de todos que vieram ao evento e buscaram conhecer e se inteirar de novidades nas mais diferentes correntes associadas à cadeia do agronegócio”, conforme Dilvo Grolli.

1-DILVO-SHOW