Boa Noite! Hoje é 27 de Novembro de 2021


Mercado imobiliário de luxo tem maior crescimento desde 2014

Mercado imobiliário de luxo tem maior crescimento desde 2014

   Publicada por Apoio Comunicação + Marketing em 16/11/2021
Em Santa Catarina, resultado também se confirma. Balneário Camboriú, conhecida como Dubai brasileira, passa a figurar como o terceiro metro quadrado mais valorizado do país, apenas atrás de São Paulo e Rio de Janeiro.

   O mercado de luxo é um dos poucos que está passando ileso pela pandemia. O setor não enfrentou retração e redução de investimentos. Empresários continuaram otimistas e apresentando ao mercado lançamentos cada vez mais audaciosos. Em contrapartida, os consumidores, na latente necessidade de transformar suas casas e na busca de mais espaço e maior conforto, com a impossibilidade de viajar e as variações da taxa de juros, migraram fortemente os investimentos para a área imobiliária. Além disso, muitas pessoas tiraram do papel sonhos futuros da casa nova e com a nova realidade do home office, migraram para novos centros em busca de qualidade de vida. O resultado é reafirmado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), com um aumento nos lançamentos de 114,6% no segundo trimestre, foram 60.322 unidades. As vendas superaram a oferta atingindo 65.975 imóveis novos, uma expansão de 60,7% em relação ao período anterior.

Segundo dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), a melhora nas negociações de imóveis de médio e alto padrão garantiram ao mercado de incorporação o melhor resultado em 2020 nas vendas desde maio de 2014. O setor registrou um crescimento de 32% em 2021 nas vendas de imóveis de luxo. Além disso, há uma projeção de alta de 20% até 2023, apontam estudos feitos pelo Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra e Venda de Imóveis de São Paulo).

No litoral norte de Santa Catarina, Balneário Camboriú vem corroborando os dados nacionais, impulsionando inclusive a média. A cidade passou a ocupar a terceira colocação no índice que assegura a valorização imobiliária. Segundo o FipeZap, pela primeira vez Balneário ultrapassou Brasília e ficou em terceiro lugar entre os imóveis mais caros do Brasil. À frente estão São Paulo e Rio de Janeiro. A valorização vem impulsionada pelas recentes transformações na cidade, como o alargamento da praia central e a revitalização de todo projeto paisagístico. A expectativa do segmento é que a valorização média, após o alargamento, seja imediata e de até 20%, levando em conta cálculos da consultoria norte-americana Appraisal Institute para empreitadas similares. E esses números já se refletem na prática. A FG Empreendimentos, que figura como uma das principais construtoras do país, assinando seis dos 10 prédios mais altos do país, obteve resultado recorde de vendas no último trimestre, compreendendo os meses de julho, agosto e setembro, obtendo crescimento em vendas de 81,63%, comparado ao mesmo período de 2020.

   “Esses números reforçam para o investidor que o mercado imobiliário se mantém aquecido e, também, consolida ainda mais nosso produto. Somos uma empresa capitalizada, auditada pela Ernst & Young, visionária e que vem atuando, há mais de 20 anos, no desenvolvimento do destino Balneário Camboriú”, destaca Jean Graciola, presidente da FG Empreendimentos. “Temos em nosso planejamento estratégico o lançamento de 15 novos empreendimentos para os próximos três anos. E, já dentro dos próximos seis meses, o mercado receberá sete novos mega lançamentos com a assinatura da FG”, destacou o empresário.

Para o diretor de mercado e marketing da FG Empreendimentos, Altevir Baron, os dados corroboram a aposta da empresa em ampliar os investimentos na região, fortalecendo ainda mais o destino turístico em Balneário Camboriú e possibilitando o aporte de novos investidores na cidade. “Na FG, em nossos empreendimentos do lançamento a entrega, já temos um cálculo de valorização que chega a 25% ao ano. Com o alargamento, a expectativa é de uma valorização adicional, tanto para as futuras obras quantos para os prédios já entregues, na casa de 20%”.

  Para os próximos três anos a empresa já projeta um VGV de 15 bilhões. A FG já entregou 59 empreendimentos, com mais de 4,5 mil unidades. Possui o maior landbank da região, com mais de dois milhões e quinhentos mil metros quadrados de área a construir.
  Com os novos modelos de trabalho e com a proximidade de Balneário Camboriú com grandes centros – tanto a capital do estado, quanto o eixo Rio-São Paulo, via ponte área, além do entroncamento logístico de multimodais que permite uma conexão direta com importantes mercados brasileiros e internacionais, percebe-se uma migração de famílias para a cidade, em busca de qualidade de vida, uma vez que a cidade tem o título de quarta melhor cidade do país para se viver, segundo pesquisa da Fiocruz, toda estrutura gastronômica, de entretenimento, saúde e lazer, além de ser a cidade mais segura do sul do país, a quarta cidade mais segura do Brasil, segundo o Ranking Connected Smart Cities de 2021.
  Belas paisagens, luxo, infraestrutura e opções de lazer. Essas são as características que levaram Balneário Camboriú a ser comparada a lugares paradisíacos, como Miami e a Costa Mediterrânea. Além da Praia Central, a mais movimentada, outras 9 praias agrestes fazem parte do roteiro oficial da cidade. Por essas razões, a procura por imóveis de alto padrão no município cresce a cada dia, estabelecendo uma valorização superior a outras regiões do país.

1-CAMBORIU-CRESCIMENTO