Boa Tarde! Hoje é 18 de Setembro de 2019


As duas faces de Leila Zorzetto, Uma mulher sofisticada à frente do agronegócio

As duas faces de Leila Zorzetto
Uma mulher sofisticada à frente do agronegócio


Imagine uma mulher bonita e elegante, de descendência italiana e traços gregos, com a tez levemente bronzeada como as espanholas. Que se veste com estilo combinando a leveza do moderno com as cores do clássico. Imagine-a culta e refinada, em que numa das salas da casa está o piano em que estudou por nove anos; que gosta de Johann Sebastian Bach; que se expressa em ótimo português, fala inglês, se comunica em alemão. Imagine-a atualizada e sofisticada, que gosta de ler, atualmente lê a biografia da jornalista e escritora Danuza Leão. Que bebe champanha, que adora a Veuve Clicquot, uma grife hoje da Louis Vuitton.
Imagine agora uma profissional competente no comando da empresa com cerca de mil funcionários e negócios no Brasil, Paraguai e China. Imagine-a ousada, despachada; no universo do agronegócio, área ainda de certa forma restrita às mulheres em posições de comando.
Os perfis acima são de uma única mulher. Leila Zorzetto. Casada e mãe de Laura, 12 anos. Com o irmão e sócio Jaime Zorzetto Júnior e o tio Carlos Zorzetto comandam os negócios da Disam no Brasil, ela na posição de diretora executiva, administrando, formulando política de investimento, estratégia de atuação, prospectando oportunidades, assumindo riscos.
Leila começou na empresa aos 17 anos. Passou setor por setor e hoje domina o negócio. Ser filha do chefe ajudou, ela reconhece. Mas o fez por merecer. “Eu tive a persistência, trabalhei duro. Havia certo preconceito por ser filha do chefe, que fui quebrando isso. Hoje estou no lugar que outros já estiveram. Recordo minha primeira viagem sozinha à China, tive medo, mas fui com coragem”, diz sorrindo.
À vontade no controle da empresa, Leila projeta o futuro. “Sempre estamos com novos projetos. Se um dia eu achar que não dá mais para crescer, então é a hora de vender a empresa”, alerta, determinada. O exemplo dessa expansão continuada foi aquisição em dezembro do ano passado de duas unidades da Agrícola Vieira, nos distritos de São João do Oeste e Juvinópolis de Cascavel.
Disam, de São Miguel do Iguaçu para o mundo
A Disam foi fundada em São Miguel do Iguaçu, Paraná, em 1982, pelo visionário Jaime Zorzetto, pai de Leila, que hoje cuida da divisão do negócio no Paraguai. É uma empresa em expansão do agronegócio paranaense na importação e exportação de cereais, produção de sementes de soja e insumos à agricultura. Ela conta hoje com 24 unidades no oeste e sudoeste do Paraná, indústria no Paraguai e negócios de importação e exportação na China.
Fazem parte do grupo as empresas Macrobio CHD’S do Brasil. A Macrobio produz adjuvantes e fertilizantes foliares e atua em todo o país. A CHD’S do Brasil é o braço agroquímico do negócio. O grupo Disam gera aproximadamente mil empregos, com faturamento anual na casa de um bilhão de reais.
parte do grupo as empresas Macrobio, CHD’s

tncapa
tndifbrasiljanfev2018001
tndifbrasiljanfev2018003
tndifbrasiljanfev2018004
tndifbrasiljanfev2018006
tndifbrasiljanfev2018007
tndifbrasiljanfev2018015
tndifbrasiljanfev2018019
tndifbrasiljanfev2018016
tndifbrasiljanfev2018020
tndifbrasiljanfev2018021
tndifbrasiljanfev2018024
tndifbrasiljanfev2018025
tndifbrasiljanfev2018026
tndifbrasiljanfev2018028
tndifbrasiljanfev2018031
tndifbrasiljanfev2018029
tndifbrasiljanfev2018032
tndifbrasiljanfev2018035
tndifbrasiljanfev2018037
tndifbrasiljanfev2018038
tndifbrasiljanfev2018040
tndifbrasiljanfev2018042
tndifbrasiljanfev2018043